“Oxalá a 12 de Outubro de 2019 possamos soprar 125 velas pela Confiança já no interior da sua antiga fábrica”

18121647_10156027530513098_9038936389715167261_oÉ desta forma que Nuno Coelho termina um longo texto, publicado no Jornal Arquitectos, dedicado ao caso da Fábrica Confiança. O artigo explica a história da Saboaria e Perfumaria Confiança e o processo de compra da fábrica pela Câmara de Braga, assim como vários cenários quanto ao seu destino. Nuno Coelho é designer de comunicação e tem dedicado parte da sua investigação à Confiança. É da sua autoria o livro “Uma História de Confiança” (edições Tinta da China, 2017) e as exposições “O Rosto da Confiança” (2016) e “Uma História de Confiança”. O artigo está dividido em seis partes

  1. Introdução;

  2. Contexto histórico da Soaria e Perfumaria Confiança;

  3. A política cultural da Confiança;

  4. O processo de compra da Confiança pela Câmara Municipal de Braga;

  5. O processo de alienação da Confiança pela Câmara Municipal de Braga e a polémica gerada;

  6. O que fazer para se não perder a Confiança?

Aconselhamos vivamente a leitura do artigo. 

Foto de José Alberto Fernandes, tirada no interior da Confiança

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s